Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



25
Jul17

Capítulo 19

por Pedro Rodrigues

Depois de um banho retemperador, Luís, os pais e os avós foram até Odivelas. Ao chegar a casa do Jaime, Luís foi calorosamente recebido pelas suas primas de Carnaxide: a Elizabete e a Maria João.

- Olá, primo! Há quanto tempo!

- É verdade, João! Já não nos víamos desde Setembro! Como estão vocês?

- Óptimas! E tu?

- Também.

- Isso é que é preciso! Já conseguiste esquecer a sonsa da Teresa?

- Já! Então vocês não sabem? Agora estou noutra!

- Muito bem! E essa tua nova namorada, como é que se chama?

- Sílvia.

- Há quanto tempo é que vocês já namoram?

- Desde Setembro...

- Setembro?! Então foi logo assim que chegaste da terra!

- Mais ou menos duas semanas depois... menos de duas semanas. Poderemos falar de um amor à primeira vista. Mas... vocês ainda não sabiam?

- Sabíamos! Nunca pensámos é que já namorassem há tanto tempo!

- Muito bem! Têm algum programa para sábado à noite?

- Até ver, não... porquê?

- Querem ir a uma festa na minha escola?

- Se for alguma coisa de jeito...

- Que tipo de festa? - perguntou Elizabete.

- Uma festa como todas as outras... música, comes e bebes, baile...

- Começa a que horas?

- Às dez da noite...

- E podemos levar os nossos namorados?

- Claro!

- Nesse caso, podes contar connosco.

- Paga-se alguma coisa?

- Como vocês não são alunas de lá, 300 escudos por cabeça.

- Meninos, venham jantar!

- Vamos já, mãe - respondeu Maria João.

- Vocês sabem onde é a minha escola?

- O Liceu Camões?! Claro que sabemos!

- Óptimo!

 

Após o jantar, Luís, os pais e os avós despediram-se de todos. No dia seguinte, Luís e o pai teriam de se levantar bem cedo, pois um tinha aula e o outro trabalhava. Antes de sair, Luís foi ter com as primas.

- No sábado, querem que vos venham buscar?

- Não é preciso! Em Carnaxide temos autocarros para o Marquês de Pombal... na volta é que talvez.

- Não se preocupem com isso! Nessa noite dormem lá em casa.

- Se não incomodarmos...

- Claro que não!

- Então e os nossos namorados como é que regressam sozinhos a Carnaxide, Beta?

- Nem que venham de táxi... havemos de arranjar maneira de eles virem!

- Bem... então, até sábado!

- Adeus primo. Beijinhos à Sílvia! Vou gostar muito de a conhecer...

- Disso não tenho a menor dúvida! Adeus... e portem-se bem!

 

CONTINUA...

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De a 26.07.2017 às 07:38

Estou a adorar, Pedro, devias fazer um livro deste conteúdo mas que podesses vender e muito mais.Já pensaste nessa ideia?
Algumas das partes do livro aconteceram realmente?
Espero que possas responder às minhas perguntas.
Imagem de perfil

De Pedro Rodrigues a 26.07.2017 às 08:11

Bom dia! Este conto, como eu lhe chamo, já tem cerca de 20 anos. Nunca foi intenção minha publicá-lo porque, na minha opinião, não possui qualidade literária para isso. E da maneira que as editoras funcionam, à lei da cunha... Mas obrigado pelo elogio 😉

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ