Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



29
Jul17

Capítulo 26

por Pedro Rodrigues

21 de Abril de 1993.

Na primeira aula de Educação Física do terceiro período, o professor Tomás juntou toda a turma para uma pequena palestra:

- Na última semana de aulas deste ano lectivo, ou seja, de 14 a 18 de Junho, vai decorrer um torneio de voleibol entre todas as turmas do 10.º e 11.º anos, com equipas masculinas e femininas. Estão interessados em participar?

- Obviamente, stôr! Isso nem se pergunta!

- Óptimo! Segundo a vossa experiência, vou encarregar duas pessoas para formar as equipas: o Mário e a Carla. Importam-se de aqui chegar para fazerem já uma pré-selecção?

Mário foi o primeiro a falar.

- Bom, stôr... a nossa turma não me dá a mínima hipótese de fazer uma pré-selecção. Sendo assim, a nossa equipa ficará, apenas, com os sete rapazes que a turma possui.

- Muito bem, rapaz... agora tu, Carla...

- Com um leque de escolhas um pouco mais alargado que o Mário, e não querendo ser injusta com nenhuma das minhas colegas, para já todas serão pré-seleccionadas. Durante as próximas semanas, nas aulas que serão dedicadas aos treinos para o torneio, irei ter que fazer a escolha das que irão formar o seis-base. No entanto, as outras quatro não fiquem tristes, nunca baixem os braços, pois terão que estar sempre prontas a jogar. Todas irão dar o vosso contributo à equipa. Assim como vocês poderão contar comigo, também espero poder contar com a vossa colaboração para que a nossa turma faça boa figura no torneio. Tenho dito! - disse Carla com um enor sorrisso.

- Muito bem, campeã! - disse Mário abraçando a colega.

- Bom... e como ainda falta algum tempo, vamos fazer um joguinho de volei!

 

Durante as primeiras semanas do terceiro período, Mário e Carla puderam tirar as primeiras ilações sobre o "seis-base" que iriam apresentar em cada jogo. Mário não tinha dúvidas de que André seria o suplente. Sem mais ninguém a quem recorrer, Mário teria que se "governar" com os restantes seis jogadores de que dispunha, ele incluído. Com um maior número de opções, Carla também não tinha grandes dúvidas quanto ao "seis-base", que seria o seguinte: Sílvia, Tânia, Susana, Sandra, Maria e ela própria. A Ana, a Inês, a Luísa e a Filipa teriam de se contentar em ficar no banco, à espera de uma oportunidade para jogarem.

Paralelamente aos treinos, a turma ia preparando, à "chucha calada", uma festa de despedida a Sílvia. O fim das aulas estava cada vez mais próximo e havia que preparar uma festa com a pompa e circunstância que Sílvia merecia. O sábado, 19 de Junho, foi a data escolhida por todos, e o Salão Paroquial da Igreja do Santo Condestáve seria o palco para aquele convívio de fim-de-ano.

 

CONTINUA...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ