Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



29
Ago17

Capítulo 73 - PENÚLTIMO

por Pedro Rodrigues

O que restava de Agosto foi aproveitado por Sandra e Luís para ultimarem os preparativos para o "arranque" de uma vida a dois. Assim, até ao final das férias, Luís foi transferindo todos os seus pertences para casa de Sandra, local onde iriam viver nos primeiros tempos daquela união. O domingo, 31 de Agosto, foi o dia escolhido por ambos para a mudança definitiva de Luís. Para além deste casal, os namoros entre Maria e Víctor e o de Ricardo com Sílvia iam de vento em popa. Quanto ao São Mamede Jovem, tirando a festa do "Contigo Vais Longe", na Avenida 24 de Julho, os últimos meses de 1996 foram passados tranquilamente, na preparação de projectos para o próximo ano, o último do mandato de Júlia à frente da Junta de Freguesia.

 

O tempo foi passando. Após alguns meses de vida em comum, Sandra e Luís viram, finalmente, nascer o filho que tanto desejavam. Um bebé de 3,5 kg, a quem resolveram chamar de Bruno. O jovem casal não podia estar mais feliz. Aquele filho representava, sem dúvida, o fruto mais apetecido de um amor que teve de lutar contra os mais difíceis obstáculos para se conseguir impor. Num gesto de eterna gratidão, Maria foi a escolhida por ambos para ser a madrinha de Bruno. Para padrinho, a escolha recaíu sobre o pai de Sandra.

Entretanto, com a chegada da Primavera, o São Mamede Jovem preparava várias actividades para o Verão que se avizinhava. Em Junho um arraial popular foi montado no largo da igreja. Muita música, alegria a rodos e comes e bebes a preços populares foram os principais ingredientes oferecidos pelo SMJ, numa iniciativa com algum sucesso entre as gentes do bairro. No primeiro fim-de-semana de Julho, a iniciativa mais espectacular de sempre do SMJ. Dois dias em contacto com a natureza, no Rio Paiva, em Arouca, com rafting, slide, rapel e uma gastronomia simplesmente inesquecível, onde a vitela assada de Arouca foi rainha. Ainda antes das férias, a 25 e 26 de Julho, a participação num torneio de futebol de onze na Falagueira, em Nisa, que culminou com a vitória da equipa do São Mamede Jovem.

Em Agosto, Víctor e Maria foram passar duas semanas de férias a Válega, juntamente com Sandra e Luís. Comparativamente ao ano anterior, as férias de 1997 foram calminhas, tranquilas, sem grandes passeios. Idas quase diárias ao Furadouro, as noitadas na Torreira e as Festas de La-Salette, em Oliveira de Azeméis, foram o prato-forte de quinze dias dedicados, exclusivamente, ao descanso.

De volta ao trabalho, na última semana de Agosto começou a preparar-se a participação do SMJ na segunda Festa do "Contigo Vais Longe", uma iniciativa que integrava um ciclo-papper, desportos radicais, jogos tradicionais e muita música. Passada a festa, seguiu-se um pequeno magusto e a Mostra da Zona IV, o último grande evento antes das eleições autárquicas, agendadas para 14 de Dezembro.

Em Dezembro, a campanha eleitoral para as autárquicas absorveu todo o tempo útil do São Mamede Jovem. Luís, Víctor, Sandra, Silvia e Ricardo foram os braços direitos de Júlia durante aquelas duas semanas. No entanto, tanta dedicação não chegou para a repetição do inesperado êxito eleitoral de 1993. Devido a uma elevada abstenção, a vitória sorriu ao candidato da oposição. Como consequência daquele resultado, a consternação e um pesado silêncio tomaram conta da sala do São Mamede Jovem, onde todos os seus coordenadores e utentes se tinham reunido. Ao invés, no pátio da Junta de Freguesia, os apoiantes da lista vencedora festejavam uma vitória quase arrancada a ferros. No fim da noite, ainda houve lugar para os discursos de ambos os candidatos. Júlia foi a primeira. Em poucos minutos, passou em resumo os quatro anos que ali passara, aproveitando a oportunidade para agradecer a todos aqueles que, de uma maneira ou de outra, colaboraram com ela, não esquecendo os membros do São Mamede Jovem. Escusado será dizer que, após o discurso da ainda presidente, a debandada foi geral, ficando apenas os apoiantes e simpatizantes da lista vencedora.

 

No dia seguinte, à tarde, Júlia reuniu-se com Sandra, Luís e Víctor no seu gabinete...

- Chamei-vos aqui porque, após o resultado eleitoral de ontem, e pelo que me disseram, fiquei bastante preocupada com o vosso futuro à frente do São Mamede Jovem. Segundo o que o futuro presidente me disse, a intenção dele é acabar, literalmente, com o projecto aqui na nossa freguesia. Ou, na melhor das hipóteses, de meterem outras pessoas à frente do mesmo...

- D.ª Júlia, por mim esteja descansada! Mesmo que eles tencionem continuar com o projecto, não ficaria aqui a trabalhar com eles. Até porque já recebi um convite do GPT [Gabinete de Prevenção à Toxicodependência] para ir para lá.

- A sério, Víctor?! Fico muito contente por ti!

- Só não tinha dito nada porque, enfim... não estava nada à espera da nossa derrota de ontem. E, em princípio, a Maria vai comigo para lá...

- E vocês?! - perguntou Júlia, virando-se para Luís e Sandra.

- Para lhe ser sincera, ainda não tenho nada delineado para o nosso futuro, mas com toda a certeza que, a partir do momento em que a D.ª Júlia sair daqui, nós também sairemos.

- Olhem, eu vou tentar arranjar-vos alguma coisa para vocês na Câmara, mas não prometo nada...

- Não se preocupe, a sério! Havemos de dar a volta por cima... tenho aqui um projecto em mente que lhe irei apresentar o mais breve possível. Mas por agora, nada mais direi...

- Muito bem! Querem vir lanchar comigo à Cister?

- Já se comia qualquer coisa... - disse Víctor.

- Então, do que é que estamos à espera?!

 

CONTINUA...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ